DEPARTAMENTO DE FÍSICA

 

 - 

Ano letivo: 2002-2003
Especificação técnica - ficha curricular
N.B. estas fichas estão definidas apenas desde 2007 (acordo de Bolonha).

Elementos especificos
código da disciplinaciclo de estudossemestre lectivocréditos ECTSlíngua de ensino
26pt


Objectivos formativos
São objectivos desta disciplina estimular a criação de competências de empreendedorismo e espírito inovador tanto em ambiente empresarial como em outros contextos organizacionais e familiarizar os futuros profissionais com a realidade de terreno e os fundamentos teóricos da criação e gestão de pequenas empresas e negócios numa óptica de criação de valor. No plano da prática, pretende-se que ganhem, através da organização e gestão de projectos com dimensão pré-empresarial e expressiva componente organizacional se possível associados a unidades curriculares de projecto tecnológico experiência de organização e gestão, de iniciativa, autonomia, trabalho em equipa e coordenação de esforços e meios para a concretização de objectivos de criação de valor publicamente reconhecíveis. Nesse sentido, espera-se que sejam capazes de associar cada projecto à construção de um plano de negócio que inclua as necessárias componentes de estratégia, caracterização da ideia, definição do modelo de negócio, financeira e de marketing, e que, cumulativamente, demonstrem capacidade de realização na confrontação com os imponderáveis da colocação no terreno de projectos com características empresariais. Pretende-se, pela mesma via, contribuir para a consolidação de competências globais de gestão, propiciar contactos com organizações exteriores e estimular o aprofundamento de conhecimentos teóricos que enriqueçam essas mesmas práticas. Em ligação com esta actividade de terreno, e apoiando-a, a componente teórica da unidade curricular introduz um conjunto de conceitos estruturantes de Gestão que abrem perspectivas para que cada estudante possa passar a construir autonomamente o seu próprio percurso de formação, quer no âmbito da disciplina, quer posteriormente, ao longo da sua vida profissional. Nesta óptica, procura-se ainda incentivar a leitura e discussão de revistas profissionais de Gestão, bem como criar condições para que os alunos se habituem a partilhar e discutir os conhecimentos que obtiveram, maximizando aprendizagens numa perspectiva colectiva de gestão de conhecimento.
Programa genérico mínimo
Empreendedorismo e Inovação.
Criação de empresas. As ideias de negócio. As actividades de arranque.
O Mercado. Criação de valor e orientação para o mercado. Políticas de produtos e preços. Políticas de distribuição. Políticas de comunicação.
Plano de Operações. Como elaborar um Plano de Operações.
Aspectos Sociais da Pequena Empresa. Perfis pessoais e profissionais. Vínculos laborais. Estrutura organizacional e atribuição de responsabilidades. Contratação. Segurança Social.
Aspectos Económico-Financeiros. Ciclos financeiros. Demonstração de resultados. Orçamento de Tesouraria. Balanço. Rendibilidade e equilíbrio financeiro.
Financiamento de uma Pequena Empresa. Arranque. Investimento. Financiamento a curto, médio e longo prazo.
Fiscalidade das Pequenas Empresas.
Formas Jurídicas de Empresa.
O Plano de Negócios. Passos da elaboração de um Plano de Negócios.
Marketing e Imagem. O Plano de Marketing. Passos para a elaboração de um Plano de Marketing.
Pré-requisitos
Não existem pré-requisitos, mas é importante que os alunos tenham maturidade para assumir responsabilidades na organização de actividades com dimensão organizacional significativa e impacto público.
Competências genéricas a atingir
. Competência em análise e síntese;
. Competência em organização e planificação;
. Competência em comunicação oral e escrita;
. Competência para resolver problemas;
. Capacidade de decisão;
. Competência em trabalho em grupo;
. Competência em relações interpessoais;
. Competência para comunicar com pessoas que não são especialistas na área;
. Compromisso ético;
. Competência em aprendizagem autónoma;
. Adaptabilidade a novas situações;
. Criatividade;
. Liderança;
. Iniciativa e espírito empreendedor;
. Preocupação com a qualidade;
. Competência em aplicar na prática os conhecimentos teóricos;
. Competência em planear e gerir;
. Competência em autocrítica e auto-avaliação;
. Capacidade negocial;
. Uso da internet como meio de comunicação e fonte de informação;
. Competência em trabalho em equipas interdisciplinares;
. Competência em raciocínio crítico;
. Preocupação com desenvolvimento sustentado;
. Ambição profissional;
(por ordem decrescente de importância)
Horas lectivas semestrais
aulas teóricas15
trabalhos de campo2
seminário45
total horas lectivas62

Método de avaliação
Projecto50 %
Exame45 %
Outros5 %

Bibliografia de referência
Horácio Costa e Pedro Correia Ribeiro, Criação & Gestão de Micro-Empresas e Pequenos Negócios, Manual Prático Lidel, ISBN 972-757-290-1, 2004 (3ª edição, actualizada e aumentada).

Ao longo do semestre são fornecidos elementos adicionais que enriquecem esta bibliografia de referência.

Método de ensino

Tendo em conta as recomendações de figuras destacadas do ensino da Gestão, como Henry Mintzberg, segue-se uma abordagem pedagógica que inverte o tradicional percurso Aristotélico, da teoria para a prática, e opta por contextualizar a aprendizagem teórica sobre actividades práticas organizadas pelos alunos. A essência deste modelo, que temos vindo a seguir, com bons resultados, há mais de dez anos, encontra-se descrita no nosso artigo: Silva, A. e Figueiredo, A. D. , Teaching Management to Engineering Students: Acting as a Learning Organization, in Proc. of the International Conference on Engineering Education, 2002 (ICEE 2002), Manchester, UK, August 2002.
Recursos específicos utilizados