DEPARTAMENTO DE FÍSICA

 

Bioquímica da Imagem - EB

Ano letivo: 2011-2012
Especificação técnica - ficha curricular

Elementos especificos
código da disciplinaciclo de estudossemestre lectivocréditos ECTSlíngua de ensino
2003572116pt


Objectivos formativos
A disciplina de Bioquímica da Imagem tem como objectivo fundamental permitir ao aluno adquirir os conhecimentos que lhe permitam a compreensão e análise crítica da informação capaz de ser fornecida pelos estudos de imagem dos principais tecidos e órgão, em situações normais e patológicas. Para isso é feita uma abordagem bioquímica das características metabólicas específicas dos diferentes tecidos e órgãos que permitirão um estudo funcional por imagem.

O objectivo da disciplina da Bioquímica da Imagem é o conhecimento aprofundado das características metabólicas específicas dos diferentes tecidos, que estão na base de possíveis utilizações em imagiologia. A partir da análise de uma via metabólica, o estudante é levado a compreender a razão da escolha de um determinado alvo metabólico capaz de ser utilizado como origem de uma imagem que traduza a sua actividade metabólica. A partir da análise do metabolismo e imagem em situações normais, o estudante deverá ser capaz de identificar as alterações imagiológicas subjacentes a um estado patológico, e de propor novos alvos de interesse para estudos de imagem funcional.

Consideremos como objectivos da disciplina de Bioquímica da Imagem a nível de atitudes, capacidades e competências, os seguintes parâmetros:
- desenvolver a atitude de pesquisa metódica
- promover a observação critica das vias metabólicas humanas, vendo-as como possíveis alvos para estudos de imagem
- capacidade de análise e de síntese
- capacidade de aplicar o conhecimento na prática
- aplicação dos conhecimentos básicos à profissão
- capacidade para aprender
- capacidade para trabalhar em equipa interdisciplinar
- preocupações éticas
- preocupação com a qualidade

Consideram-se objectivos a nível dos conhecimentos:
- conhecer e fazer análise crítica das vias metabólicas como possíveis alvos para imagem
- integrar os conhecimentos de natureza bioquímica com os processos físicos subjacentes à imagem médica

Programa genérico mínimo
Programa teórico
1. Metabolismo fosfocálcico bifosfonatos e derivados
2. Metabolismo da bilirrubina IDA e derivados
3. Metabolismo da tiróide Iodo e tecnécio
4. Metabolismo das catecolaminas MIBG, Fluorodopa
5. Tranferrina e ligandos do ferro Gálio-67
6. Proteínas de membrana GpP Agentes miocárdicos tecneciados
7. Metabolismo Oxidativo Vias de oxidação/redução e metabolismo mitocondrial MIBI/Tetrofosmina, Derivados de misonidazole, 11C-Lactato, Oxigénio-15
8. Vias de morte celular - Annexina-V
9. Transporte transmembranar Tálio-201
10. Via glicolítica FDG, 11C-Glicose
11. Duplicação do DNA 11C-Timidina e derivados marcados com Fluor-18 (FLT)
12. Metabolismo dos aminoácidos 11C-Metionina, e Tirosina e derivados, Fenilalanina
13. Metabolismo da Vit- B12 111In-DAC
14. Metabolismo dos ácidos gordos 11C-Palmitato, 11C- Acetato, e derivados marcados com 18F
15. Receptores e transportadores celulares Dopamina, Serotonina, somatostatina,


Programa prático
Visualização em modelos de algumas das vias metabólicas estudadas.

Pré-requisitos
Competências genéricas a atingir
. Competência em organização e planificação;
. Competência em trabalho em grupo;
. Competência em trabalho em equipas interdisciplinares;
. Preocupação com a qualidade;
. Competência em aplicar na prática os conhecimentos teóricos;
. Competência em análise e síntese;
. Compromisso ético;
. Competência em aprendizagem autónoma;
. Competência em autocrítica e auto-avaliação;
. Competência em investigar;
(por ordem decrescente de importância)
Horas lectivas semestrais
aulas teóricas20
aulas práticas laboratoriais15
seminário5
total horas lectivas40

Método de avaliação
Relatório de seminário ou visita de estudo5 %
Trabalho laboratorial ou de campo20 %
Exame75 %

Bibliografia de referência
- Lehninger Principles of Biochemistry, Fourth Edition, 2004
- Chemical neuroanatomy, Emson PC, Ravem Press, 1983
- Nuclear Medicine in Clinical Diagnosis and Treatment, Peter Ell, Sam Gambhir, Churchill Livingstone; 3rd edition, 2004.
Método de ensino
A matéria da disciplina é leccionada em 20 horas teóricas (T) assistidas simultaneamente por todos os alunos, 15h aulas práticas laboratoriais (PL), onde os alunos são divididos em 2 grupos, e 5 horas de seminários (S) onde os alunos apresentarão trabalhos que envolvem auto-aprendizagem. Nas aulas teóricas a matéria é leccionada de forma expositiva, utilizando-se meios audiovisuais e o quadro.. Nas aulas práticas laboratoriais, os alunos realizam trabalhos laboratoriais de bancada, onde terão que aplicar os conhecimentos aprendidos nas aulas teóricas. No Seminário são apresentados os trabalhos relacionados com os temas abordados.

As actividades de aprendizagem incluem o debate e o questionamento promovido essencialmente no decurso dos diversos tipos de aulas. A componente prática laboratorial é fundamental nesta disciplina pois coloca o aluno em situações reais relacionadas com a profissão. Sempre que acharem pertinente os alunos podem solicitar esclarecimentos de dúvidas de forma presencial ou por internet. Sempre que apropriado os docentes indicam links de internet para serem explorados.

A avaliação final dos alunos na disciplina de Bioquímica da Imagem visa avaliar a apreensão dos conceitos desenvolvidos nas aulas, bem como a sua aplicação a situações concretas.
O exame escrito é composto por questões que avaliam a compreensão, a capacidade de análise e a capacidade de síntese.
O exame apresenta questões obrigatórias e opcionais, A arquitectura desta prova de avaliação:
- vai de encontro aos princípios e objectivos da disciplina;
- permite descriminar bem os alunos por capacidade e níveis de conhecimento atingido nas matérias leccionadas.
Esta prova tem uma duração de 90 minutos e uma cotação de 0 a 19 valores. Os alunos que nesta prova tiverem nota inferior a 7,5 valores são considerados excluídos.
Para as notas entre 7,5 e 9,5 valores será realizada uma prova oral, cuja cotação será considerada definitiva. A prova oral é opcional para alunos com média superior a 9,5 valores. Os alunos que tiverem cotação inferior a 9,5 valores são considerados como não tendo atingido os objectivos mínimos necessários, sendo considerados reprovados.
No caso de prova oral, a matéria a incluir será toda a teórica e prática, sendo o júri constituído por três docentes.
A avaliação do seminário tem uma cotação até 1 valor, a somar à nota obtida na avaliação escrita.

Recursos específicos utilizados