DEPARTAMENTO DE FÍSICA

 

Didáctica da Física I - EFQ

Ano letivo: 2011-2012
Especificação técnica - ficha curricular

Elementos especificos
código da disciplinaciclo de estudossemestre lectivocréditos ECTSlíngua de ensino
2003243219pt *)

*) N.B.  se houver estudantes que não falem português a língua é o inglês.

Objectivos formativos

Importância central:
Conhecimento dos temas a ensinar
Capacidade de comunicar eficientemente com grupos ou indivíduos
Competências em estratégias diversificadas de ensino / aprendizagem

Importância secundária:
Capacidade de reflectir sobre o desempenho individual e de o avaliar
Capacidade de dar resposta às diversas necessidades dos estudantes
Programa genérico mínimo

Abordagem reflexiva, sob o ponto de vista de um futuro docente, dos conteúdos dos programas de Física dos Ensinos Básico e Secundário e das suas possíveis extensões.

[Análise crítica de possíveis dúvidas de futuros alunos e de consequências da incorrecção da linguagem científica. Compreensão do conteúdo da Física como um sistema coerente (fortemente racional e sistemático) de conhecimentos, desenvolvido (sempre em desenvolvimento...) por seres humanos e da sua necessidade de traduzir o comportamento da Natureza.
Importância da Física para o desenvolvimento tecnológico e da Tecnologia para o desenvolvimento da Física. Consequências sociais do desenvolvimento das ciências.]
Pré-requisitos
Competências genéricas a atingir
. Competência em análise e síntese;
. Competência em comunicação oral e escrita;
. Competência para resolver problemas;
. Competência para comunicar com pessoas que não são especialistas na área;
. Competência em aplicar na prática os conhecimentos teóricos;
. Competência em organização e planificação;
. Competência em trabalho em grupo;
. Competência em raciocínio crítico;
. Adaptabilidade a novas situações;
. Competência em autocrítica e auto-avaliação;
(por ordem decrescente de importância)
Horas lectivas semestrais
aulas teóricas45
aulas práticas laboratoriais45
total horas lectivas90

Método de avaliação
Trabalho laboratorial ou de campo20 %
Mini testes20 %
Exame60 %

Bibliografia de referência
Preparação de professores de Física - uma contribuição científico-pedagógica e didáctica: Ed. Almedina, Coimbra, 2004.
Artigos publicados em Revistas de especialidade
Método de ensino
Sempre fomentando a intervenção activa dos alunos, haverá:
. Aulas de discussão de conteúdos de Física, mui6tos deles pertencendo aos programas dos Ensinos Básico e Secundário.
. Aulas de resolução de problemas, numa perspectiva de futuros professores de Física.
. Aulas de laboratório, nas quais serão efectuadas e discutidas muitas das actividades laboratoriais dos programas do Ensino Básico e Secundário
Em todas as actividades lectivas haverá
. Controle de presenças.
. Pequenos testes frequentes (quinzenais...), realizados nas aulas sem marcação prévia, cuja classificação contará para a nota final da disciplina. Estes testes serão corrigidos com anotações em menos de uma semana e devolvidos aos alunos para feed-back em relação à eficácia do estudo que estão a praticar. Disponibilidade dos docentes para discussões com os alunos sobre dúvidas e os resultados dos testes de avaliação continuada. [Obrigatoriedade de um número mínimo de presenças (cerca de 80% do total das aulas) para poder fazer avaliação continuada. Se vier a ser permitida na FCTUC a obrigatoriedade da avaliação continuada dos alunos, este número mínimo de presenças será condição para poder ter aprovação na disciplina].
Recursos específicos utilizados
Data show, projector de acetatos.